Você conhece o teste da linguinha?

Você conhece o teste da linguinha?

O teste da linguinha é um procedimento feito nas maternidades para verificar se a criança tem língua presa muito antes de falar a primeira palavra. O problema bucal é uma alteração congênita com incidência de 10% a 16% na população.

Antes do bebê sair da maternidade são verificadas duas alterações que caracterizam a língua presa. Uma é quando o frênulo – membrana que liga a língua ao assoalho da boca –, popularmente conhecido como freio, não está no lugar certo (muito perto da ponta da língua) e a outra é quando ele é muito curto e grosso. “No primeiro caso, basta soltar um pouco da membrana com uma tesoura (frenotomia). No segundo, é necessária uma micro-cirurgia bem simples”, disse Irene Marchesan, presidente da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia.

O teste previne que a criança tenha dificuldades de sugar e engolir, o que atrapalha a amamentação. “Bebês com língua presa acabam fazendo muita força para mamar e gastando muita energia, o que leva à dificuldade de ganhar peso e ao risco de machucar a mãe”, destaca Cássio Alencar, professor de cirurgia em Odontopediatra da Faculdade de Odontologia da USP.

Por enquanto apenas o teste da linguinha é obrigatório nas maternidades. “De acordo com o texto original do projeto, caberia ao estabelecimento de saúde realizar a cirurgia de correção do problema assim que fosse feito o diagnóstico”. Porém, se a correção não for realizada no momento da detecção do problema, pode ser realizado em qualquer fase da vida.

 

Fonte: Alagoas 24 horas (http://www.alagoas24horas.com.br/conteudo/?vCod=207548) acessado em 14/08/14.