Soluços e amamentação

Bebês novinhos costumam soluçar bastante e muitas mães ficam assustadas com essa reação. No primeiro mês de vida é normal o bebê ter soluço todo dia e pode acontecer mais de uma vez. Ao contrário do que se acredita, o soluço não está ligado à respiração. Trata-se de contrações do diafragma, provocadas pela irritação ou pela estimulação desse músculo, que ainda é imaturo.

A posição da amamentação pode influenciar neste quadro. Se a pega não for adequada, isso faz com que o bebê engula muito ar, que pode desencadear soluços. Por esta razão, o ideal é sempre posicioná-lo com a cabeça mais elevada do que o corpo. Ainda que impressione os pais, o soluço quase não oferece incômodo para o bebê. Não há necessidade de buscar ajuda médica, desde que não atrapalhe nas atividades do dia a dia, como mamar e dormir.

Crianças com refluxo gastroesofágico podem soluçar mais do que as outras. Informe ao pediatra se os soluços forem constantes e se o bebê regurgitar muito, tossir ou parecer irritado. Também comente com o pediatra caso os soluços estejam acontecendo com frequência depois de a criança completar 1 ano de idade.

Fonte: UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo) – www.unifesp.br

Compartilhe