Dificuldades na amamentação

Dificuldades na amamentação

O último post do Especial sobre Amamentação irá abordar um tema importante e delicado, que são as dificuldades na amamentação, uma situação mais comum do que se imagina. Ainda no hospital, a mãe conta com a ajuda das enfermeiras na hora da amamentação. Quando volta para casa, ela pode se deparar com algumas dificuldades e acreditar que não conseguirá amamentar seu filho sozinha. Estima-se que cerca de 70% das mulheres têm dificuldade na amamentação, por isso não se desespere.

Algumas dicas:

  • Escolha um local tranqüilo e confortável para amamentar;
  • Cuide do bico dos seios. Higienização e roupas adequadas ajudam a evitar rachaduras e outros problemas;
  • Aprenda a pega correta: quando o bebê pega boa parte da auréola, e não apenas o bico do seio, o leite sai mais tranquilamente e a mãe não sente dor;
  • Enquanto o bebê estiver dormindo, tente descansar ou fazer algo que você gosta. Assim, na hora de amamentar, você estará mais relaxada.

Mesmo tomando todos esses cuidados, é possível que ocorram algumas complicações, como:

  • Seios empedrados: o leite do alvéolo mamário não drena e bloqueia alguns canais, formando uma pedra na mama;
  • Ingurgitamento mamário: resulta do aumento da vascularização e da congestão vascular das mamas, com acúmulo de leite. As mamas aumentam de volume, ficam doloridas, quentes e vermelhas, podendo causar febre;
  • Mastite: inflamação da mama, causada por bactérias que residem no organismo do bebê. Acontece quando a mãe apresenta fissuras nos mamilos e se caracteriza por mal-estar e inchaço da mama, podendo ser acompanhada de febre.
  • Insuficiência de leite (hipogalactia): é quando as mães acham que tem pouco leite ou seu leite é ?fraco?. Normalmente, está relacionada à ansiedade e insegurança da mãe. É necessário avaliar com o médico se a criança realmente necessitará o reforço de outro leite;

Por isso, é fundamental que a mãe realize o acompanhamento periódico com um médico de sua confiança, para que ele possa auxiliá-la nessas e outras questões. Gostou do nosso especial? Deixe seus comentários e compartilhe essas informações com seus familiares e amigos.