Como ter uma boa amamentação

Como ter uma boa amamentação

Amamentar é uma coisa que não nasce com a mulher, não é um dom materno. Aquelas que não procuram ou não recebem ajuda acabam desistindo no meio do caminho, por isso é fundamental se informar como ter uma boa amamentação. Toda mãe sabe a importância do aleitamento, assim como todo bebê sabe sugar. O problema está quando precisa se juntar as duas coisas, principalmente quando o bebê chora de fome. Quanto mais ele chora, mais a mãe fica nervosa e o processo de amamentação fica ainda mais difícil.

Alguns segredinhos que você precisa saber:

  • Procure um lugar tranquilo para amamentar seu bebê, onde dê para cada um se curtir ao máximo.
  • A posição ideal para o bebê mamar é aquela onde o bebê fica barriga com barriga com a mãe, com a cabeça acomodada na volta de dentro do cotovelo, o que facilita na hora do bebê abocanhar a aréola do seio da mãe.
  • Se seu bebê acorda chorando de fome, procure acordá-lo um pouco antes para que ele não chore, já que dificulta muito na hora de pegá-lo do berço. Com o bebê mais calmo, a mãe não precisa se estressar e a amamentação ocorre de forma tranquila.
  • Caso seu bebê tenha o hábito de acordar com fome logo depois de ter mamado, antes de dar de mamar, a mãe pode esvaziar um pouco o peito, para tirar o leite anterior que é constituído basicamente por água.
  • Só deixe para trocar o peito durante a amamentação quando o primeiro já estiver vazio. Dessa forma a mãe terá a certeza de que o bebê tomou o leite anterior e o posterior.
  • Mesmo que o bebê não chore de fome, é bom esvaziar um pouco a mama antes de amamentar, caso elas estejam muito cheias. Mamas um pouco mais vazias são mais fáceis para o bebê pegar a aréola, sem machucar o bico do seio.

Nunca dispense a orientação de seu médico, esclareça sempre as suas dúvidas e, principalmente: não se sinta culpada por não conseguir. Algumas dicas para as mães que tem um pouco de dificuldade na hora de amamentar é optar por banhos mornos ou frios, caso as mamas estejam cheias.

Lembre-se que o melhor alimento para o seu bebê até os seis meses de vida é o leite materno.