Amamentar é mais que alimentar

Amamentar é mais que alimentar

Além de todos os benefícios nutricionais, amamentar é muito mais que alimentar, traz uma série de vantagens para o bebê. O leite materno contém aproximadamente uma centena de componentes que não podem ser replicados no leite artificial e, a cada dia, a ciência vem encontrando mais substâncias imunoladoras.

Além dos componentes básicos (proteínas, carboidratos e gorduras), a composição do leite materno varia, sendo única para cada bebê.

As proteínas do leite materno, por exemplo, possuem diversas funções: contém todos os aminoácidos essenciais, que atuam como fatores de proteção e transportam hormônios e vitaminas.

Cada vez que a mãe entra em contato com patógenos no seu entorno, novos anticorpos são criados e o leite é enriquecido. Assim, esses anticorpos também serão passados para o bebê nas próximas mamadas.

Se o bebê toma leite artificial, terá somente seus próprios anticorpos (que são presentes em níveis baixos) e um sistema imunológico imaturo, se tornando extremamente vulnerável a infecções.

Fonte: Faculdade de Medicina da UFRJ.